Fotos
Vídeos
Dieta cetogênica pode controlar doenças neurológicas; entenda
21/12/2022

A dieta cetogênica é um assunto pouco abordado, fato que não o impede de ser responsável por buscar a redução de peso corporal por meio da queima induzida de gordura. Essa abordagem foi proposta na década de 1920 como alternativa no tratamento da epilepsia e, também, para o controle da doença neurológica.

Início e importância do carboidrato

Vale ressaltar que esse efeito, com relação à perda de peso, a deixou popular a partir da década de 1960.

O carboidrato é a principal fonte de energia do organismo humano quando sua ingestão é reduzida. O nosso organismo precisa se adaptar para obter energia e desviar o metabolismo energético para outra via. Nesse caso, uma rota metabólica alternativa que costuma ter papel secundário na obtenção de energia ao organismo é a via cetogênica.

Ágata Haddad é farmacêutica da Equaliv e diz que, em vez de carboidratos, são utilizadas gorduras como combustível. A partir da quebra de gorduras (também chamadas de lipídeos), são geradas moléculas chamadas de corpos cetônicos, por isso o nome dieta "cetogênica".

A pessoa força o seu metabolismo a quebrar gorduras para manter-se em funcionamento quando a adota. Vale lembrar que o órgão do corpo humano que mais gasta energia é o cérebro, que consome cerca de 20% de toda a nossa energia e representa 2% em média da massa corporal.

Dieta cetogênica e o cérebro

Estudos indicam que a sua "adoção" reduz significativamente a ocorrência de crises convulsivas em pacientes. Devido aos seus efeitos sobre o sistema nervoso central, essa dieta começou a ser estudada em diferentes contextos relacionados à saúde mental.

"Já foi demonstrado que a dieta cetogênica é capaz de regular o metabolismo da glicose, reduzir o estresse oxidativo e a inflamação, além de favorecer o funcionamento adequado de importantes sistemas de neurotransmissão", disse Ágatha. Além disso, a maioria dos pacientes acometidos por algum desses transtornos apresenta um metabolismo de glicose desregulado.

Outras possibilidades

Também existem evidências de benefícios dessa dieta para o transtorno do espectro autista, esclerose múltipla, doença de Alzheimer, doença de Parkinson, esquizofrenia, transtorno bipolar e transtorno de déficit de atenção e hiperatividade.

Existe um conjunto robusto de evidências sobre muitos benefícios da dieta cetogênica. A intervenção nutricional para transtornos mentais pode oferecer benefícios ao menos no que diz respeito ao controle dos sintomas. A dieta cetogênica, ou ketoflex, oferece uma nova linha poderosa de terapia nutricional frente a alguns distúrbios desafiadores.

PÃO SEM GLÚTEN: 8 RECEITAS PARA COMER SEM MEDO DE PASSAR MAL
29/12/2022
Receita de Mousse de maracujá
07/02/2023
DOCE SEM AÇÚCAR E ADOÇANTE: 9 RECEITAS DE SOBREMESAS PARA QUEM SEGUE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
05/01/2023
PASTELZINHO ASSADO - MASSA COM 3 INGREDIENTES!
29/12/2022
Misturei esses 2 ingredientes que tinha na geladeira e fiz um cigarrete de queijo delicioso
20/02/2023
12 ideias de sobremesas com frutas para a Ceia de Natal!
16/12/2022
Copa do Mundo: 3 receitas típicas da França
16/12/2022
7 receitas de sucos termogênicos para o verão
24/01/2023
Nuggets caseiros: receita saudável para fazer com as crianças
06/01/2023
Receita de Bolo Mármore fácil e delicioso
29/01/2023